Power Post

Power Post
Power Post é indicado para a reconstrução de dentes que sofreram tratamento endodôntico e necessitam de restauração. Atua como reforço intra-radicular da estrutura dental e promove retenção para o material restaurador definitivo ou núcleo de preenchimento, no caso de restaurações indiretas.
É um pino fabricado com uma matriz resinosa a base de fibra de vidro e resina epóxi que se apresenta na cor translúcida podendo ser utilizada em regiões que requerem uma maior demanda estética. O formato Cônico dos pinos possibilita uma melhor adaptação aos canais radiculares sem demandar maiores desgastes de estrutura dental.
828 - Power Post 0,5 - Embalagem com 5 pinos
835 - Power Post 1 - Embalagem com 5 pinos
836 - Power Post 2 - Embalagem com 5 pinos
837 - Power Post 3 - Embalagem com 5 pinos
- Fabricado com uma matriz resinosa a base de fibra de vidro e resina epoxi;
- Excelente translucidez, os pinos possuem uma alta condutividade de luz, executando com eficiência a polimerização do cimento até o ápice do canal;
- Excelente radiopacidade, proporciona o melhor controle
da posicao do pino durante o procedimento;
- Módulo de elasticidade próximo ao da dentina;
- Dupla conicidade, possibilita uma melhor adaptação aos canais radiculares sem demandar maiores desgastes na estrutura dental.
O Power Post é indicado para a reconstrução de dentes que sofreram tratamento endodôntico e necessitam de restauração.
    • Passo 1
      • Selecionar o Pino de acordo com o diâmetro do conduto posicionando-o sobre a radiografia do dente. Isole o campo operatório;

    • Passo 2
      • Remova a guta percha do canal utilizando instrumento adequado. Deixe no mínimo 3 a 5 mm de obturação no ápice radicular, devido à presença de canais acessórios, que devem permanecer vedados para evitar contaminação bacteriana. Prepare o conduto radicular com brocas adequadas até adaptá-las ao formato do pino;

    • Passo 3
      • Faça uma radiografia periapical do pino selecionado para verificar o preparo do canal e a condição da obturação. O pino deve estar perfeitamente adaptado ao preparo executado, não apresentando espaços entre o término do pino e a guta percha. Se necessário recorte o excedente coronal do pino e leve novamente em posição para verificação do ajuste;

    • Passo 4
      • Limpe o pino com álcool e seque. Aplique o gel de ácido fosfórico a 37% (Power Etching BM4) por 15 segundos dentro do conduto radicular e estrutura dental remanescente. Lave rigorosamente e remova o excesso de água com cones de papel absorvente;

    • Passo 5
      • Aplicar uma camada de Silano sobre a superfície de todo o pino e deixe secar por um minuto;

    • Passo 6
      • Com uma broca adequada, leve o cimento resinoso ao canal. Faça a inserção do pino no canal e proceda a fotopolimerização do cimento ( de acordo com especificação do fabricante) pela superfície e por meio do pino;

    • Passo 7
      • Observe que o pino deverá ser inserido até o fundo da cavidade preparada e imobilizada com pinos acessórios nos casos de canais mais amplos.

sem conteúdo cadastrado.
sem conteúdo cadastrado.